→ CARCINICULTURA【Ganhe Dinheiro com Criação de Camarão】

A criação de camarão, atividade conhecida como Carcinicultura é um negócio que está em expansão e tem muito mercado no Brasil para quem deseja empreender.

Se você está pensando em investir em um negócio próprio, mas não sabe o que realmente pode dar dinheiro, precisa saber como criar camarão. Descubra no restante deste artigo do que se trata esse empreendimento e como ele funciona.

criacao de camarao

Você gosta de camarão? Provavelmente a resposta é sim, afinal, o brasileiro está consumindo cada vez mais peixes e frutos-do-mar em geral. Segundo a Associação Brasileira de Piscicultura, o brasileiro tem consumido por ano em média 10 quilos desse tipo de proteína, uma margem que, apesar de ser apenas a metade do recomendado pela OMS – Organização Mundial de Saúde, é a maior na história do país.

Meg Felippe, diretora comercial do Sindicato de Pesca do Estado de São Paulo, acredita que esse aumento do consumo de peixe e frutos-do-mar se deve ao maior acesso à informação e melhor poder aquisitivo do brasileiro.

Por isso, a criação de peixes e frutos-do-mar pode ser um excelente negócio para quem tem um espaço e deseja investir em algo realmente lucrativo. É aí que entre a carcinicultura que, apesar de parecer uma palavra bem estranha, trata-se apenas da técnica de manejo do camarão, ou de forma mais simples: Criação de Camarão.

Conheça agora um pouco mais sobre esta atividade lucrativa:

O que é Carcinicultura?

Como dito anteriormente, a carcinicultura é a técnica de criação de crustáceos em viveiros, muitas vezes longe do mar, em especial de camarão. Uma prática comum no norte e nordeste do Brasil que, vem crescendo e ganhando mais espaço em outras regiões.

A região do Rio Grande do Norte, é líder no segmento de carcinicultura, apenas na região de Sergipe, capital do Estado de Alagoas, são produzidos mensalmente cerca de 10 toneladas de camarão que são comercializados unicamente no nordeste. Um ramo de produção que, além de gerar divisas, tem gerado também muitos empregos, movimentando todo o comércio regional.

Por isso, a criação de camarão pode ser um excelente negócio, mesmo que comece pequena, afinal, além de ser uma proteína de alto valor nutricional, trata-se de um alimento extremamente saboroso.

Se você quer aprender como criar camarão, CLIQUE AQUI!

A carcinicultura apesar de ser uma técnica repleta de detalhes e inúmeras fases de processo, é uma prática possível, e capaz de gerar muitos lucros, especialmente para quem deseja empregá-la em outros estados além do norte e nordeste.

Carcinicultura no Brasil

Os estudos sobre o valor nutricional e as técnicas de manejo para criação de camarão surgiram no país em meados dos anos 70. De lá para cá as técnicas de criação desse crustáceo evoluíram muito, e atualmente é possível realizar o manejo do camarão em viveiros afastados do mar de maneira segura e eficiente, produzindo animais grandes e saudáveis.

No início da carcinicultura no Brasil, a espécie mais cultivada era o Penaeus japonicus, uma espécie grande e exótica, importada do Japão, que necessitou de muito trabalho para se adaptar no país. Neste início, conhecido como primeira fase do camarão no Brasil, a carcinicultura era densa, de baixa produção e capacidade de estocagem.

A criação dessa espécie não funcionou muito bem no país, as constantes e fortes chuvas, seguidas de estiagens prolongadas dificultaram a criação do camarão importado e, em meados de 1985/1986 foi oficialmente encerrado a carcinicultura do Penaeus japonicus no Brasil.

No entanto, os investimentos no desenvolvimento dessa espécie deram margem para a continuação da criação de camarão, e os criadores investiram nas espécies nativas como o L. subtilis, L. schimitti e o L. paulensis. Os resultados foram positivos, porém, os criadores conseguiram produzir apenas uma média de 500 kg de camarão por ano.

Essa baixa produtividade fez com que no início da década de 90, eles desistissem de continuar com a criação dessas espécies. Passando então a produzir apenas o camarão-de-patas-brancas. Espécie que é criada e comercializada no país até hoje.

O mercado atual da carcinicultura no país

Mesmo o consumo de peixes e frutos-do-mar tendo sofrido um aumento nos últimos anos, o consumo de camarão no país ainda é pequeno, em média são consumidos por pessoa, ao ano, cerca de 500 gramas de camarão.

Isso se deve a concentração de criadouros na região norte e nordeste do país, que também é a principal consumidora do produto. Para que esse consumo seja maior, é preciso que pessoas de outras regiões invistam e aprendam como criar camarão.

O que torna essa área uma excelente opção para quem tem um espaço para iniciar e está localizado em outros estados do país. Todos os dados coletados pelos órgãos responsáveis pelo setor de comércio de peixes e frutos-do-mar, indicam que o crescimento do consumo de camarão tende a se manter constante nos próximos anos.

Além disso, o brasil tem grande potencial para se tornar um exportador deste produto, assim como as áreas litorâneas Europeias, em especial da Espanha e França. Maiores exportadores de frutos-do-mar atualmente.

A carcinicultura trata-se de um mercado constante e de crescimento fácil, tanto no quesito econômico como no ambiental, social e de manejo. Por isso, é possível começar um negócio nessa área contando com um investimento inicial pequeno, saiba como clicando aqui!

Sistemas de produção da carcinicultura

Quando se deseja ter sucesso, na prática da criação de camarão é preciso estar atento ao local escolhido para isso. Este é o principal fator influenciador em um bom sistema de criação do camarão, e para que ele seja o mais adequado possível vale a pena considerar o clima da região, o tipo do solo e a disponibilidade de água.

Outro ponto importante a ser considerado são as vias de acesso ao local, quanto mais perto de grandes centros de consumo sua criação estiver, melhores serão as vendas, afinal, todo mundo prefere alimentos mais frescos.

Atualmente existem três modalidades de produção da carcinicultura, a extensiva, a semi-intensiva e a intensiva. Elas são diferenciadas pela intensidade do consumo, oferta de alimentos e capacidade de estocagem da produção. Entenda melhor cada uma dessas modalidades:

Sistema extensivo: esse é o sistema de menor produção e capacidade de estocagem de camarão, sendo caracterizado pela produção de 450 kg por ano;

Sistema semi-intensivo: enquanto a primeira opção funciona com uma capacidade de estocagem de 4 camarões por metro quadrado, o sistema semi-intensivo possui uma capacidade de estocagem de 6 a 20 camarões por metro quadrado. O sistema de produção também é maior que o anterior;

Sistema intensivo: esse tipo de produção funciona com tanques grandes de muita profundidade e conta com uma capacidade de estocagem de até 290 camarões por metro quadrado.

Qual o principal cuidado na carcinicultura?

O principal cuidado necessário ao criar camarão no Brasil se refere a mancha branca, uma doença que chegou ao país em 2017 e causou muitos prejuízos aos produtores de camarão. Essa doença além de silenciosa é devastadora, sendo capaz de reduzir produções em até 80%, matando os camarões rapidamente.

Alguns especialistas afirmam que, apesar de se tratar de uma doença sem cura é possível conviver com ela, uma vez que, se o camarão contaminado for consumido, não apresenta risco nenhum a saúde humana. No entanto, quando a mancha branca atinge criadouros, os camarões morrem muito antes de atingirem o tamanho indicado para a comercialização e consumo.

Como iniciar um empreendimento de carcinicultura e ganhar dinheiro com Criação de Camarão?

curso de carcinicultura onlineIndependentemente do problema com a mancha branca, a carcinicultura é um ramo MUITO vantajoso, o manejo, apesar de ser repleto de fases, é consideravelmente simples. E, se você está pensando em investir nessa área, precisa saber que este é um mercado muito promissor e lucrativo.

No entanto, é preciso que fique claro que conhecer as técnicas de manejo para ter sucesso nessa área é fundamental. E, atualmente é possível conseguir esse conhecimento através de um curso online completo disponível para qualquer pessoa que deseje investir nesse ramo.

O curso online de criação de camarão marinho e tilápias em bioflocos longe do mar em tanques de geomembrana e ferrocimento, é a melhor escolha para quem pretende entender melhor o assunto e aprender como trabalhar com a carcinicultura.

Criado pelo professor e engenheiro-agrônomo, Paulo Moreira, um dos profissionais mais conceituados do setor, o curso aborda temas que vão desde o início da produção e perspectivas de futuro até a viabilidade da produção.

O curso possui um preço muito acessível, é ministrado online em vídeo aulas e conta com uma linguagem simples e de fácil entendimento. Isso significa que qualquer pessoa será capaz de aprender como a carcinicultura funciona, e como iniciar seu negócio de criação de camarão,estudando nos momentos que puder.

Com certeza é a forma mais simples e rápida de criar seu próprio negócio lucrativo para ganhar dinheiro com criação de camarão, clique no botão abaixo para conhecer e comprar:

comprar curso de carcinicultura online

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...